8 de setembro de 2009

3 minutos por Timor

Às 15 horas Portugal parou. Recordo que estava a chegar ao Saldanha. As ruas começavam a encher-se de gente que saía dos escritórios para se juntar à iniciativa. Uns segundos antes da hora, ao som da contagem decrescente das rádios, o trânsito parou. À minha frente um taxi com turistas surpreendidos. "Estamos todos com Timor-Leste", expliquei-lhes. À volta, abraços, choros e no final, muitas palmas. Três minutos depois a cidade renasceu.

[Actualização] Encontrei este vídeo publicado em 2007 pelo José Budha e que inclui imagens desta iniciativa e da manifestação realizada uns dias depois em Madrid:

Sem comentários: